Dra. Maria Regina Moreno Sierra

Cirurgiã-Dentista Especialista em Implantologia Oral - CRO 32.132


O Papel do Dentista    Implantes    Carga Imediata    Enxerto Ósseo    Lentes de Contato Dentais

Facetas Dentais    Restauração em Resina    Clareamento a Laser    Cuidados    Entrevistas


Correção Cosmética em Resina Fotopolimerizável

As opções de tratamento dental são clássicas: se há cárie, restaura-se com resina; se o dente quebrou, reconstrói-se; se tem problemas de canal, trata-se. Dentes perdidos? Implanta-se. Mas será que, diante de tantas opções, quando a aprência da dentição não está satisfatória a odontologia cosmética só oferece a solução cara das facetas para essa finalidade?

Uma vez que o paciente já tenha restaurado os dentes doentes, as resinas fotopolimerizáveis reúnem os atributos necessários e podem ser utilizadas com vantagens quando se deseja pequenas correções e uniformidade na arcada, especialmente na região frontal, para mascarar dentes manchados ou pigmentados e mesmo mudar a forma ou fechar espaços interdentários, corrigir pequenas giroversões, arranhaduras superficiais, pequenas trincas e outras imperfeições. As resinas compostas possuem cor idêntica as dos dentes naturais e foram criadas para substituir restaurações metálicas. Hoje deixaram de ser uma alternativa para se tornar a primeira escolha em restaurações, quer quanto à função quer quanto à estética, e conferem resistência e durabilidade.

Numa comparação entre restauração cosmética em facetas de porcelana e resinas fotopolimerizáveis, se o paciente optar pelo uso de facetas de porcelana, estes seriam os prós: 1. Facetas laminadas de porcelana criam uma aparência de dente muito realista; 2. Os folheados da porcelana resistem a manchas; 3. Durabilidade maior. Estes seriam os contras: 1. Custo elevado; 2. Demora do processo todo (tomada das medidas, envio ao protético, preparação dos dentes, colocação); 3. Desgaste dos dentes para fixação.

Se o paciente optar pela correção em resina fotopolimerizável, estas são as vantagens: 1. Custo muito mais acessível; 2, A ação adesiva das resinas muitas vezes protege o dente natural contra fraturas; 3. São de cor idêntica aos dentes naturais; 4. Geralmente precisa-se de apenas de uma sessão com resultado imediato; 5. Nenhum desgaste dos dentes é necessário para a correção.

 

Exemplos de correções recomendadas

Correção do diastema, que é o espaço entre os dentes da frente. Diastemas são fechados por ortodontia ou restauração. Uma técnica bem sucedida é a adição da resina fotopolimerizável. É uma solução adequada para o caso do espaçamento ser muito grande para a ortodontia. O fechamento de diastema exige a aplicação da resina nos dois dentes adjacentes, ou em um apenas, caso as dimensões dos dentes o permitam.

 

Correção dos incisivos laterais. Estes são os pequenos dentes em forma de cone ao lado dos incisivos centrais superiores. Muitas vezes os dentes adjacentes a eles migram para ocupar os espaços deixados pelos incisivos laterais de dimensões inadequadas. É necessária uma análise espacial antes da restauração. A forma dos contornos interproximais dos dentes adjacentes determina onde serão os pontos de contato.

A ortodontia, o recontorno estético e a restauração de dentes adjacentes podem ser necessárias para alcançar resultados estéticos ideais.

 

O recobrimento em resina refere-se ao processo de aplicação da mesma sobre os dentes naturais visíveis ao sorrir para conseguir uma melhor aparência. Ele pode ser utilizado para ajustar um desalinhamento leve provocado pela desigualdade dos dentes. Ele também pode corrigir o comprimento deles. Alguns outros procedimentos às vezes podem ser necessárias em conjunto, como o realinhamento ortodôntico.

Este procedimento é indolor, e às vezes pode dar resultados imediatos. No entanto, você deve saber que uma vez aplicado não pode ser removido ao ponto de restaurar a condição anterior dos dentes.

  Dra. Maria Regina Moreno Sierra - Dentista Especialista em Implantes

Cirurgiã Dentista
Especialista
em Implantologia Oral desde 1997


Professora do Curso de Especialização em Implantologia Oral da Escola de Aperfeiçoamento Profissional
Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, SBC, São Paulo


Professora Assistente do Curso de Implantologia da Fundação para o Desenvolvimento Científico Tecnológico para a Odontologia, FUNDECTO, USP-SP, de 1995 a 2002


Agendamentos de Consultas
Tel (11)
2227.2070  


Consultório
R. Visconde de Itaboraí, 462,
Tatuapé, São Paulo



A três quadras do Metrô Tatuapé e a duas quadras da Radial Leste ou da praça Silvio Romero


Acesso fácil para moradores do Belém, Belenzinho, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Vila Formosa e Água Rasa


Exibir mapa ampliado

aPaReCe - Quem é Vivo Sempre aPaReCe